quinta-feira, outubro 20, 2011

Alfabetizando com Jogos



                 JOGO DAS SÍLABAS


Objetivo: Desenvolver a percepção da linguagem escrita; promover a associação da palavra com a figura e dos grafemas com os fonemas. IDENTIFICAR A SÍLABA INICIAL E FINAL DA PALAVRA.

               JOGO FORMA PALAVRAS

 Faixa etária: 5 a 8 anos
Um jogo com objetivo de desenvolver a linguagem verbal e oral da criança, introduzindo-a ao convívio social. Possui 3 maneiras de jogar:
Associação de letras - As cartelas são distribuídas entre as crianças e as letras espalhadas sobre a mesa com a face para cima. As crianças vão escolhendo as letras que servem para suas cartelas e completando-as. Ganha a criança que completar sua cartela primeiro.
Jogando com a sorte - As cartelas são distribuídas entre as crianças e as letras espalhadas sobre a mesa com a face para baixo. Cada criança vira uma das letras. Se esta letra corresponder a uma das palavras de sua cartela, requisita-se para si, mas se essa letra não lhe servir, passe sua vez ao próximo.
Formando Palavras - Pode-se brincar somente com as letras formando várias palavras, dando assim, total liberdade para quem estiver brincando. Para 2 a 6 jogadores.
                                    
                  FIGURA PALAVRA
  OBJETIVO: Fazer a associação entre imagem e escrita.          

LOTO DAS PALAVRAS
Cartelas contendo palavras, figuras em papel adesivo plastificado colado em E.V.A ou pale 60Kg.
Objetivo: Ao sortear uma figura, a criança deverá reconhecer em sua cartela a palavra correspondente.
Idade: a partir de 7 anos.

  LINCE DAS FICHAS
Atenção, agilidade e diversão. Assim é o Lince das fichas, um jogo de observação visual onde o mais rápido vence. A criança deverá achar no tabuleiro as figuras que recebeu e associar ao seu nome antes que seus adversários achem a deles. Tudo isso numa gostosa brincadeira com as fichas do material Lendo Você Fica Sabendo.




Silabário
Para jogar: Se não houver a possibilidade de construir um silabário para cada criança, será necessário um para cada grupo de 3 ou 4 crianças.
Formas de jogar:
1 - O professor leva as fichas e sorteia, as crianças montam as palavras sorteadas, depois registram no caderno. Pode-se, ainda, pedir que identifiquem a letra inicial/final, número de letras, vogais e consoantes. Dependendo do nível, pode-se solicitar que separem as sílabas.
2 - Em grupo, cada criança recebe um determinado número de tampinhas. Um por vez deve tentar formar palavras colocando apenas uma tampa no tabuleiro, sendo possível aproveitar as sílabas/letras dos demais integrantes.
3 - Cada criança forma 4 palavras no silabário, depois, preenche os espaços com sílabas soltas e troca o silabário com o colega, que deverá localizar as palavras formadas pelos amigos. Depois deverá ser feito um registro da atividade no caderno.

Memória 3D - figura e palavra

Jogo da memória com imagem e nome da palavra. Podem ser usadas letras bastão ou cursiva, minúscula ou maiúscula, dependendo do nível de escrita da turma.

Jogo do Talharim
Este jogo consiste em que cada participante, caso acerte, pode pegar mais uma massa, desta vez sem nenhum fonema, para que assim consiga montar no seu prato uma macarronada.
Objetivo: Consciência fonêmica - Identificação do fonema inicial e segmentação fonêmica.
Material : 1 panela, 4 pratos, 4 garfos e macarrão em E.V.A.
Como jogar: Cada participante escolhe um pratinho e um garfo. Um participante desafia o outro tirandode um recipiente uma palavra.
O jogador deverá olhar para dentro da panela de talharim e apenas com o garfo mexer na massa tentando pegar a que tiver o fonema inicial referente a palavra escolhida. Em seguida, o jogador deverá falar o som do fonema que encontrou.
Ganha o jogo quem conseguir colocar no prato o maior número de massas.

Pescaria
Objetivo: Desenvolver a consciência silábica.
Materiais necessários : Caixa para pescaria, peixes com letras, anzol.
Modo de jogar: O jogador retira de um envelope uma ficha com uma figura. O mesmo deverá encontrar o peixe que contém a letra que inicia a figura. Deve dizer o nome da figura, segmentando-a silabicamente e classificando-a pelo número de sílabas. Em seguida, deverá colocar o peixe no aquário adequado ao número de sílabas.
Podem ser somados pontos por acerto.

Caixas ilustradas
Objetivo : Desenvolver a percepção da linguagem escrita; promover a associação da palavra com a figura e dos grafemas com os fonemas.
Materiais necessários :Caixinhas de fósforo; figuras pequenas; letras recortadas.
Modo de jogar : As professoras deverão formar as palavras de acordo com a figura.

Boliche do alfabeto - Jogo das argolas
Objetivos: Identificar as letras do alfabeto relacionando-as com o fonema inicial de cada palavra; Desenvolver a coordenação ampla.
Materiais necessários: embalagens de refrigerante e bola.
Modo de jogar: Ao derrubar as garrafas, deverá identificar a letra e dizer uma palavra que inicie com a mesma.


Quebra-cabeça com palitos ou caixas
Objetivo: Familiarizar as crianças com a noção de palavras e sílabas.
Materiais necessários: fichas em forma de quebra-cabeça, palitos ou caixas.
Vence a equipe que formar o maior número de palavras.

Jogo das abelhas
Objetivo: Consciência fonêmica - identificação do fonema inicial e segmentação fonêmica.
Materiais necessários: Abelhas e mãozinhas em E.V.A.
Modo de jogar: O professor sorteia uma letra e produz o som da mesma. Cada integrande da equipe ficará com uma mãozinha. O aluno que identificar a letra deverá bater na abelha com a mãozinha, ficando com a mesma caso esteja correto.
Ganha quem tiver mais abelhas.


Mais perto do 10
Objetivos: Noção de quantidade; representação numérica, soma, subtração.
Materiais necessários: Caixa com 30 palitos ou mais; marcadores para identificar os pontos de cada participante (fichas, tampinhas, botões...); tabuleiro.
Como jogar: Cada participante tenta tirar um conjunto de 10 palitos sem contar nem olhar. Cada um marca no tabuleiro a quantidade de palitos que tirou e devolve à caixa. Quem tirar 10 palitos ganha um ponto. Se o número de palitos não estiver no tabuleiro o jogador perde a rodada.
Depois de 4 rodadas, ganha quem tiver mais pontos.


Jogo dos balões
Materiais necessários: Cartelas com figuras de balões numeradas e fichas que somem até a quantidade desejada.
Modo de jogar: A criança sorteia duas fichas, faz o calculo mental e marca o valor correspondente na cartela.

Boneca das emoções
Em rodinha as crianças se comunicam com a boneca, usando apenas uma palavra (sentimento). Depois, cada criança a leva para casa e devolve no dia seguinte, relatando aos colegas tudo o que a boneca fez durante a visita e porque gostou de levá-la para casa.
É ideal para primeiros dias de aula ou turminhas com problemas de relacionamento.

Lúdico - Alfabeto Móvel.
Palavras Cruzadas Móveis.
Componentes: Dois conjuntos de letras em cores diferentes com todas as letras do alfabeto repetidas nuitas vezes.
Finalidade: formar palavras.Número de participantes: dois grupos com 3 alunos no máximo.
Regras:- Cada grupo recebe um conjunto de letras;- Estipular um tempo para a realização do jogo;- O primeiro grupo forma uma palavra com suas letras;- A partir dessa palavra, os dois grupos vão formando, alternadamente, uma palavra cruzada a partir de uma letra da palavra do grupo adversário.

*************************************

 

Caixinhas de Fósforo Ilustrada.
Componentes: caixinhas de fósforo encapadas com figuras coladas em cima e o nome da figura colada dentro. Papel ofício.
Finalidades: produção escrita de letras, palavras e textos.Número de participantes: grupos de no máximo 4 alunos
Regras:- Distribuir as caixinhas entre os grupos- Os alunos poderão escolher uma tarefa para realizar ou realizar todas elas.Tarefas a serem realizadas em cada grupo:- Unir a figura com a palavra, desenha-la, escrever do jeito que sabem o nome da figura e circular a 1ª letra.- Desenhar e escrever outras coisas que também iniciam com o mesmo som dos nomes das figuras.- Pesquisar, recortar e colar as letras que formam o nome das figuras.- Escrever quantas letras é preciso para escrever o nome das figuras e quantas vezes abrimos a boca para falá-la.- Construir do seu jeito uma história utilizando o nome das figuras.




Fonte: Ajudinha Básica.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS & DICAS DE LEITURA:
  • BARBOSA, José Juvêncio. Alfabetização e Leitura. São Paulo: Cortez, 1991.
  • CAGLIARI, Luiz Carlos. Alfabetização & Lingüística. São Paulo: Scipione, 1989.
  • ______Alfabetizando sem o bá-bé-bi-bó-bu. São Paulo: Scipione, 1998.
  • CÓCCO, Maria Fernandes; HAILER, Marco Antônio. Didática de alfabetização: decifrar o mundo: alfabetização e socioconstrutivism. São Paulo: FTD, 1996.
  • COOK-GUMPERZ, J. Construção social da alfabetização. Porto Alegre: Artes Médicas, 1991.
  • CURTO, Lluís Maruny; MORILLO, Maribel Ministral; TEIXIDÓ, Manuel Miralles. Escrever e ler: como as crianças aprendem e como o professor pode ensina-las a escrever e a ler. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.
  • ELIAS, Marisa Del Cioppo. De Emilio a Emília: a trajetória da alfabetização. São Paulo: Scipione, 2000.
  • FERREIRO, Emilia. Reflexões sobre alfabetização. São Paulo: Cortez, 2001.
  • ______. Com todas as letras. São Paulo: Cortez, 1993.
  • ______; TEBEROSKY.  Psicogênese da língua escrita. Porto Alegre: Artes Médicas, 1985.
  • FREIRE, Paulo. Conscientização: teoria e prática da libertação: uma introdução ao pensamento de Paulo Freire.São Paulo: Moraes, 1980.
  • ______; MACEDO, D. Alfabetização: leitura do mundo, leitura da palavra. São Paulo: Paz e Terra, 1990.
  • GRAFF, Harvey J. Os labirintos da Alfabetização: reflexões sobre o passado e o presente da alfabetização. Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.
  • SOARES, M.B. Alfabetização: a (dês)aprendizagem das funções da escrita. Belo Horizonte: Educação em revista n.8, p.3 –11, 1988.
  • ______. Língua Escrita, sociedade e cultura: relações, dimensões e perspectivas. São Paulo: Revista Brasileira de Educação n.0, p.5 –11, 1995.
  • TEBEROSKY, Ana; TOLCHINSKY, Liliana. Além da alfabetização: a aprendizagem fonológica, ortográfica, textual e matemática. São Paulo: Ática, 1996.

Autoras:
Márcia de Oliveira Soares - Professora, atualmente, coordenadora pedagógica Escola Infantil Toca dos Tocos, apaixonada pela educação e por crianças.
BLOG ESPAÇO DA CRIANÇA:http://cantinhoencantadodaeducacaoinfantil.blogspot.com/
Karina Thetinski Rodrigues – Pedagoga e Psicopedagoga Clínica e Institucional

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!Deixe seu comentário.
É muito importante e faz diferença!
Conte comigo!
Obrigada pela visita!

Parcerias Especiais!

http://www.contosearte.com/

Virginia Maria Pereira da Rocha


http://www.pedagogiadascores.com.br/

Solange Depera Gelles



EU em ENTREVISTA- Educadores Multiplicadores!

Arquivo de POSTAGENS:

Mimo no BONIFRATI...



Usando a criatividade,
todo mundo pode pensar diferente.
Que 2 + 2 são dois patinhos.
E até detrás para frente.
Se permitir criar,
Tudo pode mudar.

Seja arte, escrita, música.
Receita, caminho, solução.
O que importa é pôr a mente para funcionar
e dar à luz a imaginação

Melhor ainda, se arriscar.
Tomar coragem e compartilhar.
Deixar vir ao mundo e ao mundo mostrar.

Nada que fica na gaveta,
pode trazer boas coisas para o planeta

Abra a sua caixa secreta.
E mergulhe na mente, a sua biblioteca.
Criar é concretizar ideias.

Linguagem Escrita!

"...a escrita deve ter significado para as crianças, uma necessidade intrínsica deve ser despertada. Nelas, a escrita deve ser incorporada a uma tarefa necessária e relevante para a vida. Só então poderemos estar certos de que ela se desenvolverá não como hábito de mão e dedos, mas como uma forma nova e complexa de linguagem".
Vygotsky.

Professores!

A arte torna o trabalho educativo interessante, atraente e sedutor. Para tornar os alunos mais sensíveis e despertá-los para um mundo novo de sensações, o talento e a flexibilidade do professor, da sua arte, dependerá o êxito da sua missão.

Alegria....alegria!

ALFABETIZAÇÃO

O processo de alfabetizar é apaixonante,
antes de tudo é um ato de amor,
coragem e persistência. Pelo simples e
talvez o mais gratificante fato
de permitir ao ser pensante a liberdade
de construção da sua própria história.






CONSULTE o IDEB 2014.É só clicar no selinho ou no link.Conte comigo!

SELINHOS 2012! Obrigada!

Da amiga Leila Bambino!

Glitter Photos
Ganhei da amiga Claudia! Obrigada.
Glitter Photos
Da amiga GISELA.Obrigada!
Da amiga Viviane,Obrigada!
SELINHO A RECEBER... selo4 Glitter Photos Glitter Photos
Selinho pra você!Glitter PhotosSelinho Amigo a todos os Parceiros do Blog "Educando Com Amor"...
Selinho Compartilhado
da Parceira BIA!
Espaço para Educação
Obrigada Amiga Gracita!
Obrigada Amiga Adriana!

Seguir por e-mail

Torcedora FELIZ! Bom D +!

TORCEDORA APAIXONADA!

Vida Divina! Vida Cotidiana!

Kids
See full size image Imagem15 300x183 A ESCOLA DE ATENÇÃO ÀS DIFFERENÇAS

Orar...refletir...imagens que dizem!

ORAÇÃO pela Saúde:
Senhor Deus de amor,Pai de bondade,nós vos louvamos e agradecemospelo dom da vida,pelo amor com que cuidais de toda a criação.Vosso Filho Jesus Cristo,em sua misericórdia, assumiu a cruz dos enfermos e de todos os sofredores,sobre eles derramou a esperança de vida em plenitude.Enviai-nos, Senhor, o Vosso Espírito.Guiai a vossa Igreja, para que ela, pela conversão se faça sempre mais, solidária às dores e enfermidades do povo,e que a saúde se difunda sobre a Terra.Amém.






Gratidão e Interação!