terça-feira, fevereiro 07, 2012

Selinho em Corrente!

Ganhei este selinho da super amiga Karla Kairone 
e repasso para 10 amigas, parceiras de blogs:
http://paraisodoeducando.blogspot.com/
http://profkathiabazoni.blogspot.com/
http://mariareciclona.blogspot.com/
http://abcdaproerika.blogspot.com/
http://conectmar.blogspot.com/
http://amigosdaliteraturainfantil.blogspot.com/
http://atividadesdiversasclaudia.blogspot.com/
http://professoraedylene.blogspot.com/
http://rejanebruck.blogspot.com/
http://cantinhodamami.blogspot.com/

Eva Furnari - Mundo dos Trocadilhos

                                   

                                portaldoprofessor.mec.gov.br


Realizei a atividade de leitura e de escrita do texto
“Você troca?” de Eva Furnari 
com a classe de QUARTO ANO.
Todos amaram e pediram BIS!
Passos da aula:
Atividade:Hora da Leitura pela Professora
1-Inicialmente questionei se alguém já tinha conhecimeno dos textos da autora. 
2-Destaquei a capa, biografia da autora e li para os alunos.É uma biografia que faz a criança viajar no mundo da imaginação, da sua própria identidade, da  rotina  e da relação que faz com consigo mesma. 
Você Troca? (Eva Furnari)


Você troca um gato contente

Por um pato com dente?



Você troca um canguru de pijama

Por um urubu na cama?



Você troca um coelho de chinelo

Por um joelho de cogumelo?



Você troca um leão sem dente

Por um dragão obediente?



Você troca um ratinho de camisola
Por um passarinho na gaiola?

Você troca uma taturana molhada
Por uma banana descascada?

Você troca um espião com preguiça
Por um ladrão de salsicha?

Você troca um tutu de feijão
Por um tatu de calção?

Você troca um rato assustado
Por um gato amarrado?

Você troca um lobinho delicado
Por um Chapeuzinho malvado?

Você troca um pinguim fantasiado
Por um patim alucinado?

Você troca um mamão bichado
Por um bichão mimado?

Você troca um gato de bota
Por um sapo boboca?

Você troca um varal de feiticeira
Por um final de brincadeira?


Fonte do texto:

 http://vamoseducar.blogspot.com/2009/06/voce-troca-eva-furnari.html 


Registro aqui sugestões bem interessantes que encontrei para trabalhar com esse texto:


COMENTÁRIOS SOBRE A OBRA:
Com seu traço gaiato e divertido, Eva Furnari propõe as mais exóticas e hilariantes trocas, brincando com as palavras — na tradição dos trocadilhos e também com a reputação de clássicos personagens (como o lobinho delicado e o chapeuzinho malvado). O texto resulta extremamente expressivo, ainda que simples, muito adequado aos que se iniciam na leitura, pois a cada duas páginas a criança tem um texto completo que, enriquecido pelas ilustrações, diverte e satisfaz sua expectativa de leitor. Não há uma narrativa, uma trama a ser seguida, apenas quadros que estimulam a criatividade dos pequenos. Qual deles não gostará de propor sua troca também?

Áreas envolvidas: Língua Portuguesa, Educação Artística
Temas Transversais: Pluralidade cultural
Público-alvo: Leitor iniciante


Pós Leitura:

1. Observem juntos que as trocas têm por base palavras que retomam sílabas ou sons de outras. Releiam cada troca fazendo um levantamento das repetições. Uma sugestão é fazer na lousa um quadro a ser completado no curso da leitura, por exemplo:
GATO CONTENTE PATO COM DENTE

CANGURU DE PIJAMA URUBU NA CAMA

LEÃO SEM DENTE DRAGÃO OBEDIENTE
E assim por diante.

2.Observem juntos cada ilustração, o que elas e a moldura dizem. A seguir faremos sugestões apenas para alguns dos quadros, mas todos eles merecem um trabalho de observação e discussão.



3. Na primeira troca (“o gato contente” / “pato com dente”), observem juntos o que as ilustrações dizem e discuta com os alunos:

por que é que o gato está contente? O que é que ele está fazendo? Quem é que entrou “de bicão” na vida do gato? O que o Sol parece estar sentindo? E o pato? Pato tem dente mesmo? O queas molduras desenharam para o pato?

4. Proponha que imaginem e depois desenhem ou escrevam: como seria um cachorro contente? E uma galinha contente?
(Sugestão: querendo estender este assunto, apresente-lhes depois o livro O sanduíche da Maricota, de Avelino Guedes, Editora Moderna, que traz com muita graça os hábitos alimentares dos bichos.)

5. Pergunte-lhes: Vocês trocariam um “leão sem dente” por um “dragão obediente”? Qual deles vocês prefeririam como animal de estimação?

6. E o “Chapeuzinho malvado”? Como será ela? Pergunte se gostariam de trocar a história tradicional do Chapeuzinho delicado e o lobo malvado por essa outra. Como ficaria essa história? Proponha que criem um texto coletivo imaginando essa nova trama.
Importante: o registro pode ser feito por você ou revezando os“escribas” na lousa. É aconselhável que criem primeiro o texto oralmente, para evitar repetições ou incoerências.

7. E o “gato de bota”? Será que ele só tem uma bota? Onde foi parar a outra? Verifique se eles conhecem a história do Gato de Botas. Leia-a para eles ou peça que a contem, cada um um trecho. Será que um gato só com um único pé de bota consegue realizar as proezas do gato que calçava os dois pés? E esse “sapo boboca”? Será “o cururu da beira do rio” ou algum príncipe desencantado?

8.Veja se perceberam que a troca “um final de brincadeira por um varal de feiticeira” é adequada para o final da brincadeira, isto é, do livro. Proponha que desenhem outros varais. Como seria um varal de palhaços? E o de um super-herói?

9. Proponha que inventem uma troca para a ilustração da página de introdução. Observem que essa maçã já apareceu na capa tentando abocanhar a minhoca. Esperem: mas não houve uma troca? Quem corre atrás da maçã não é a minhoca? A frase poderia ficar assim:  Uma maçã devorada por uma minhoca apavorada.

10. Organize-os em duplas e proponha que um invente uma troca e o outro a ilustre. Depois, já que estamos brincando de trocas, trocam-se os papeis.

11. Proponha que troquem as palavras das trocas, compondo outras trocas absurdas. Algumas podem ficar bem engraçadas, por exemplo:

Um ratinho na gaiola por um passarinho de camisola
Um tutu no calção por um tatu no feijão
Um mamão mimado por um bichão bichado e assim por diante. Não esqueça de pedir que ilustrem as novas trocas.

12. Aproveite essa época de “trocas” e traga para a classe alguns classificados de jornais ou revistas anunciando trocas. Analisem juntos a estrutura desse tipo de texto. Depois organizem uma feira de trocas. Cada um deve trazer de casa um objeto (um brinquedo, um livro, etc.) que queira trocar e escrever seu anúncio dizendo também com o que gostaria de trocar. No dia da feira, afixem os anúncios num mural e exponham os objetos.

LEIA MAIS...

1. DA MESMA AUTORA
• O amigo da bruxinha — Editora Moderna, São Paulo
• Travadinhas — Editora Moderna, São Paulo
• Filó e Marieta — Edições Paulinas, São Paulo
• Violeta e Roxo — Quinteto Editorial, São Paulo

2. SOBRE O MESMO GÊNERO
• Não confunda — Eva Furnari, Editora Moderna, São Paulo



Parcerias Especiais!

http://www.contosearte.com/

Virginia Maria Pereira da Rocha


http://www.pedagogiadascores.com.br/

Solange Depera Gelles



EU em ENTREVISTA- Educadores Multiplicadores!

Arquivo de POSTAGENS:

Mimo no BONIFRATI...



Usando a criatividade,
todo mundo pode pensar diferente.
Que 2 + 2 são dois patinhos.
E até detrás para frente.
Se permitir criar,
Tudo pode mudar.

Seja arte, escrita, música.
Receita, caminho, solução.
O que importa é pôr a mente para funcionar
e dar à luz a imaginação

Melhor ainda, se arriscar.
Tomar coragem e compartilhar.
Deixar vir ao mundo e ao mundo mostrar.

Nada que fica na gaveta,
pode trazer boas coisas para o planeta

Abra a sua caixa secreta.
E mergulhe na mente, a sua biblioteca.
Criar é concretizar ideias.

Linguagem Escrita!

"...a escrita deve ter significado para as crianças, uma necessidade intrínsica deve ser despertada. Nelas, a escrita deve ser incorporada a uma tarefa necessária e relevante para a vida. Só então poderemos estar certos de que ela se desenvolverá não como hábito de mão e dedos, mas como uma forma nova e complexa de linguagem".
Vygotsky.

Professores!

A arte torna o trabalho educativo interessante, atraente e sedutor. Para tornar os alunos mais sensíveis e despertá-los para um mundo novo de sensações, o talento e a flexibilidade do professor, da sua arte, dependerá o êxito da sua missão.

Alegria....alegria!

ALFABETIZAÇÃO

O processo de alfabetizar é apaixonante,
antes de tudo é um ato de amor,
coragem e persistência. Pelo simples e
talvez o mais gratificante fato
de permitir ao ser pensante a liberdade
de construção da sua própria história.






CONSULTE o IDEB 2014.É só clicar no selinho ou no link.Conte comigo!

SELINHOS 2012! Obrigada!

Da amiga Leila Bambino!

Glitter Photos
Ganhei da amiga Claudia! Obrigada.
Glitter Photos
Da amiga GISELA.Obrigada!
Da amiga Viviane,Obrigada!
SELINHO A RECEBER... selo4 Glitter Photos Glitter Photos
Selinho pra você!Glitter PhotosSelinho Amigo a todos os Parceiros do Blog "Educando Com Amor"...
Selinho Compartilhado
da Parceira BIA!
Espaço para Educação
Obrigada Amiga Gracita!
Obrigada Amiga Adriana!

Seguir por e-mail

Torcedora FELIZ! Bom D +!

TORCEDORA APAIXONADA!

Vida Divina! Vida Cotidiana!

Kids
See full size image Imagem15 300x183 A ESCOLA DE ATENÇÃO ÀS DIFFERENÇAS

Orar...refletir...imagens que dizem!

ORAÇÃO pela Saúde:
Senhor Deus de amor,Pai de bondade,nós vos louvamos e agradecemospelo dom da vida,pelo amor com que cuidais de toda a criação.Vosso Filho Jesus Cristo,em sua misericórdia, assumiu a cruz dos enfermos e de todos os sofredores,sobre eles derramou a esperança de vida em plenitude.Enviai-nos, Senhor, o Vosso Espírito.Guiai a vossa Igreja, para que ela, pela conversão se faça sempre mais, solidária às dores e enfermidades do povo,e que a saúde se difunda sobre a Terra.Amém.






Gratidão e Interação!