Seguidores:

Sitio do Picapau Amarelo (Monteiro Lobato)











Em minha andanças na net me deparei com o Site Sítio do Pica-Pau Amarelo ... Encontrei muitas coisinhas legais lá da nova turminha em forma de desenho animado.



Atividades diversas para os anos iniciais
ALFABETO - Leitura e Escrita































    Fonte: http://gibarbosa1.blogspot.com/





Toda a Turma do Sítio do Picapau Amarelo


Os principais personagens da Turma do Sítio do Picapau Amarelo, grande clássico da literatura brasileira escrito por Monteiro Lobato, São: Dona Benta, Pedrinho e Narizinho, Emília, Tia Nastácia, Visconde de Sabugosa, Tio Barnabé, cuca, Saci, lobisomem, Mula sem Cabeça, Boitatá, Anjinho, Besouro, Doutor Caramujo, Rabicó, Quindim, Curupira, Conselheiro e o Príncipe Escamado.

Além desses personagens principais, muitos outros personagens de histórias conhecidas, como: Peter Pan, Dom quixote, Minotauros e outros personagens da mitologia grega se misturam com lendas e mitos brasileiros, proporcionando aventuras magníficas que enriquecem culturalmente a todos.



Todos esses personagens fazem parte do 'mundo do faz de conta' da coleção de livros do Sítio do Picapau Amarelo, obra literária de Monteiro Lobato, o pioneiro da literatura infanto-juvenil no Brasil.

Imagens dos principais personagens do Sítio do Picapau Amarelo

Dona Benta



Dona Benta Encerrabodes de Oliveira, nome da vó de Pedrinho e Narizinho, dona do Sítio do Picapau Amarelo. Dona Benta é uma expert em geografia, adora contar história para seus netos, que com muita atenção e imaginação ouvem maravilhados.

Narizinho



Narizinho é o apelido carinhoso de Lúcia, neta de Dona Benta. O motivo do apelido foi seu nariz arrebitado. Narizinho ao contrário de Pedrinho, seu primo, morava com Dona Benta no sítio. Já Pedrinho só aparecia no sítio nas férias, dia que Emília contava nos dedos para que chegasse logo, pois a presença de Pedrinho é sinônimo de muitas aventuras.

Pedrinho



Pedrinho é o Neto querido de Dona Benta e o primo querido de Narizinho. Menino educado na cidade tem um grande coração. Destemido, Pedrinho adora passar as férias no sítio, onde vive grandes aventuras na terra do faz de conta, embaladas pelas histórias contadas por Dona Benta, que são sempre regadas com os quitutes de Tia Nastácia.

Tia Nastácia



Trabalha no sítio da Dona Benta e ajuda a criar Pedrinho e Narizinho, foi também a criadora da irreverente e tagarela boneca Emília. Tia Nastácia é uma espécie de faz de tudo, quituteira de mão cheia, seus bolinhos e rosquinhas de polvilhos são delícias saboreadas pela família e amigos. Além de cuidar dos afazeres domésticos, também é uma excelente contadora de 'causos'.

Emília



Emília a boneca de pano, traquina e irreverente, criada por Tia Anastácia,tem os olhos de retróis preto e sombrancelhas levantadas. Foi Doutor Caramujo que inventou a pílula da fala fazendo com que a boneca virasse uma matraca. Metida a filósofa, Emília acredita que "A verdade é uma espécie de mentira bem pregada das que ninguém desconfia".

Tio Barnabé



Tio Barnabé é um caboclo da roça que mora em uma das propriedades do sítio e ajuda Dona Benta cuidando das mais variadas tarefas. Tio Barnabé tem uma grande afeição por Pedrinho, adora um cachimbo e é um sábio no que diz respeito aos segredos da floresta, do folclore e as superstições, tanto que foi ele quem ensinou Pedrinho a prender o Saci na garrafa.

Visconde de Sabugosa



Um boneco feito de sabugo de milho, com cartola na cabeça e um sinal de coroa na testa. O verdadeiro sábio do sítio que de tanto estudar, um dia, quase morreu empanturrado de álgebra. Seu passatempo é ensinar geografia e geologia para a turminha do sítio. Foi o Visconde que ajudou a descobrir petróleo nas terras do sítio.

Cuca



Cuca, uma bruxa velha com cara de jacaré e garras nos dedos. Cuca mora em uma caverna e adora fazer magias e encantos. Essa bruxa nunca dorme, ou melhor, dorme uma noite a cada sete anos e quando fica brava, urra de raiva e seus gritos são ouvidos a distância.

Saci



Saci é um negrinho de uma perna só, muito peralta que apronta todas as travessuras
possíveis no sítio, desde assustar animais no pasto, até assombrar Tia Nastácia.
Um dia Pedrinho, orientado por um caboclo, aprendeu que com uma peneira e uma garrafa consegueria prender o Saci, e assim o fez. Com o passar do tempo Pedrinho ficou amigo do Saci, que lhe ensina muitos segredos da floresta, e o solta. Grandes aventuras são vividas no sítio por conta dessa amizade.

Lobisomem



Lobsomem é um homem que se tranforma em lobo, normalmente em dia de lua cheia. Segundo a lenda, a mulher que tem sete filhos machos, o sétimo vira lobisomem. Esse ser gosta de comer titica de galinha, cachorros e crianças. Diz a lenda que, se alguém corta-lhe uma perna, ele vira homem, porém, perneta.

Mula Sem Cabeça



A Mula sem Cabeça é um duende sinistro, figura lendária que assusta os arredores do sítio e quando aparece solta fogo pela boca.

Boitatá



O Boitatá é outra figura do folclore brasileiro, um ser medonho, que povoa o Sítio de Dona Benta, segundo a imaginação das crianças. Na língua dos Índios, boitatá significa cobra grande de grandes olhos de fogo, ela só enxerga a noite quando sai da toca para passear na mata e se alimentar de carniça de animais mortos.

Curupira



Anjinho



O anjinho, após quebrar sua asa, aparece no Sítio e desde de então ficou sob os cuidados dos moradores e acabou ficando por lá. Esse anjinho foi motivo de muita confusão, pois todos querem ver de perto o fenomenal anjo que passou habitar o Sítio do Picapau Amarelo.

Besouro



O Besouro, um personagem inventado pela criançada é um ser cascudo e inteligente, especialista em cavar buraco, um doutor no que se refere a terra.

Doutor Caramujo



Doutor Caramujo é um Caracol sábio, entende tudo sobre doenças e sua cura. Criador das famosas pílulas milagrosas, é sempre requisitado para solucionar e curar doentes na terra do faz de conta. Foi esse gênio da ciência que com suas pílulas milagrosas deu fala à Boneca Emília. Doutor Caramujo é requisitado para curar bichos, gente pobre e até mesmo seres do Reino Encantado, como foi o caso do Príncipe Escamado.

Rabicó



O Porquinho Rabicó, criado no sítio desde de pequeno, foi salvo pelo amor de narizinho que impediu que o comilão porquinho fosse para o forno. Mais tarde esse porquinho vira Marquês e passa a participar das aventuras da turma.

Príncipe Escamado



O Príncipe Escamado, personagem do mundo mítico do Reino das Águas Claras.
Aparece nas histórias, normalmente em carruagem puxada por Cavalos Marinhos e acompanhado de um exército de peixes espadas. Foi noivo de Narizinho e por isso toda a turma do sítio pode conhecer o fundo do mar.

Quindim



Quindim é um rinoceronte craque na gramática. Ele pertencia a um Circo de cavalinhos do Rio de Janeiro e sem muita explicação apareceu no sítio de Dona Benta, onde Emília o descobriu na mata. Depois de muito tempo assustando as pessoas e sob a proteção da boneca traquina, Quindim logo se amansou e se enturmou com a turma do sítio.

Conselheiro (Burro Falante)



O Conselheiro é um burro falante, educado e culto, trazido do 'país das fábulas' pelas crianças do Sítio. Seu nome foi dado por Emília e ele é muito querido por todos do Sítio.

Os livros infantis de Lobato foram transformados em séries de televisão chamada "Sítio do Picapau Amarelo", onde a GLOBO mistura histórias originais de Monteiro lobato com textos inspirados em temas atuais. Veja alguns momentos desse clássico brasileiro de M. Lobato, vividos na TV.

Cenas do Sítio na TV












Confira...Novidade muito BOA. 

Eu amo...

(Rosangela)

Desenho animado do Sítio do Picapau Amarelo




Esse ano a produtora Mixer (estúdio que desenvolveu Escola Pra Cachorro) co-produzirá com a Rede Globo uma versão em desenho animado do "Sítio do Picapau Amarelo", obra de Monteiro Lobato. Com direção de Humberto Avelar, os personagens da nova animação foram desenhados por Bruno Okada. A previsão é que a série seja lançada na Globo no início de 2012.

A primeira temporada do Sítio do PicaPau Amarelo contará com 26 episódios de 11 minutos cada, todos produzidos em alta definição e com a técnica de animação conhecida como "Cutout", a mesma utilizada em Charlie & Lola, South Park e A Mansão Foster Para Amigos Imaginários.

Uma casinha antiga e com varanda, cercada de gradil de madeira e um pica-pau amarelo no telhado. Tem cômodos espaçosos, sala voltada para o jardim, cozinha arejada e um quarto para cada morador e visitante, quer dizer, menos para Emília e Visconde, que dormem no cantinho do escritório. A casa de Dona Benta é o local favorito das crianças. Narizinho não troca a companhia da avó por nada nesse mundo, e até Pedrinho, que mora na cidade, não vê a hora de chegar as férias para ir correndo para lá. No Sítio do Picapau Amarelo tem galinheiro, pomar, poço, celeiro, ponte, jardim, riacho (em que a Narizinho viaja para o Reino das Águas Claras). Enfim, tem um pouco de tudo para que os meninos, como a Dona Benta gosta de chamar, se divirtam bastante.




Projeto:

Leitura das Obras de Monteiro Lobato





Público Alvo:

4º Ano(3ª Série)




Local - Data
                                                




 Introdução



          O projeto tem o intuito de estimular a leitura, procurando validar o livro como um precioso instrumento no meio acadêmico, permitindo ao aluno leitor, perceber o seu potencial quanto ao imaginário, a originalidade e  aos aspectos físicos contidos em cada obra, como também  poder  “abrir janelas” e se sentir  atraído pelo detalhe de narrativa ou ilustração que o encante na sua própria descoberta.
          Assim sendo, a escolha do acervo literário do escritor Monteiro Lobato e o estudo de sua biografia, é o que consideramos mais oportuno e proveitoso nesse momento, pois,  corresponde a uma relevante inter-relação de seus livros infantis com a história e tradição folclórica do nosso país.

    


Justificativa



            Acreditando que a leitura deve ser fonte de prazer, escolhemos estudar a vida e algumas obras do PAI DA LITERATURA INFANTIL, Monteiro Lobato.
            Além de amar ler e escrever para crianças e adultos, este grande escritor, fazendeiro e jornalista, procurou transformar o Brasil num país moderno e desenvolvido por meio de muita coragem e criatividade. Em suas obras destacam-se alguns aspectos relevantes e que merecem nosso respaldo:
           - seus personagens que se repetem em todas as narrativas;
         - o emprego de crianças como heróis, promovendo imediata identificação com o leitor;
         - a ausência de autoritarismo e de imagens adultas repressoras;
         - a opinião das crianças personagens é respeitada;
          - a curiosidade e a criatividade são estimuladas.
          E, como conclui CHIAVINI (1994, p. 473): “Como é fácil lidar com os pequenos... Eles aceitam incondicionalmente as ofertas sinceras, deixam-se cativar sem medo por tudo aquilo de que possam auferir prazer, e nos contagiam com o gosto com o qual se envolvem nas tarefas propostas. E são reconhecidos”.




Responsáveis



            Professora e alunos do  4º  Ano  (3ª Série)


Cronologia


          O projeto iniciará no mês de abril com previsão de término para o  mês de agosto.



Objetivos Gerais


   * Fomentar o gosto pela leitura.
   * Promover a aprendizagem  por meio da literatura infantil.
   * Reconhecer Monteiro Lobato como um grande escritor da literatura infantil
   * Trabalhar a literatura na escola como possível formadora de alunos em  sujeitos que simplesmente, não pertençam a uma sociedade, porém a questiona e a transforma.

                                        


Objetivos Específicos


         * Reunir e
sensibilizar as classes dos 4ºs  Anos para o projeto, relembrando a visita  da personagem  Emília, que fez a contação da história, João Jiló, de Monteiro Lobato.
            * Fazer levantamento dos conhecimentos prévios que os alunos já possuem sobre a história e as obras do escritor, das leituras feitas e dos livros já  conhecidos pelos mesmos.
            * Estudar e compreender a biografia deste escritor.
            * Identificar as características de um texto biográfico.
            * Produzir a biografia de Monteiro Lobato com suas próprias palavras.
            * Incentivar a leitura e interpretação das obras.
            * Trabalhar valores morais a partir de fábulas.
            * Exercitar o trabalho em equipe e o respeito às diferentes ideias.
            *Fazer registros de interpretação e compreensão das leituras a serem  realizadas.
            * Organizar, selecionar e realizar pequenas dramatizações.
            * Selecionar e elencar as estórias e os personagens de estudo e destaque na história do folclore brasileiro.
            * Entrevistar a personagem Emília, do Sitio do Pica-pau Amarelo.
            * Expor à comunidade escolar, na semana do folclore,  os registros e trabalhos realizados durante o projeto.
            * Convidar  alunos e professores da comunidade escolar ou local,  para disponibilizarem-se a ensaiar e realizar a apresentação de um teatro na Semana do Folclore, com uma história envolvendo os personagens do Sitio do Picapau Amarelo,com destaque para a personagem Emília.


          


Estratégias


    *  Material para consulta:  sala informatizada, acervo da biblioteca, baú da leitura, sacola literária.
    * Material para estudo e registro: quadro branco, pinceis, computadores, impressoras, fotocopiadora, cadernos, folhas  de papel oficio, papel sulfite, canetões, cartolinas, lápis, borracha, lápis de cor, etc.
     * Material para exposição: quadros murais, papéis diversos, fitas adesivas, percevejos.
     * Material para documentar: máquina fotográfica, filmadora.
     *Recursos humanos da escola: professores, alunos, pais, direção, supervisão, orientação, agentes e administrativos e operacionais
     * Recursos da comunidade local: grupos de teatros.





Etapas Previstas para o Desenvolvimento

           Mês:_________________

      Conversar com os alunos sobre o Dia Nacional  do Livro, data de nascimento do escritor Monteiro Lobato.
      Apresentação de foto e pequeno texto sobre a vida de Monteiro Lobato.
      Iniciar atividades específicas de leitura, de escrita e de produção textual  das obras do escritor.
      Significação e utilização o baú da leitura, com tema especifico a Monteiro Lobato.
      Inicio arquivo de fotos, filmagens, exposições  e registros das atividades desenvolvidas.

 Meses:________________________

      . Conversa sobre os valores morais trabalhados nas histórias e aplicações para situações do dia-a-dia.
      Produção  trabalhos escritos e ilustrativos.
      Exposição no quadro mural da escola, do material redigido e ilustrado pelos alunos.
      Estudo das características de um texto biográfico.
      Utilização de  material de pesquisa na Internet e na biblioteca sobre Monteiro Lobato.
      Produção da biografia de Monteiro Lobato na sala informatizada.



       Mês:_________________

   *Estudo e divulgação à comunidade escolar sobre a influência das obras e personagens de Monteiro Lobato para o folclore brasileiro
   *Selecão, organização e apresentação de uma amostra dos registros, das ilustrações, das produções e das fotos e outros  realizados durante o projeto
   *Promoção de um dia cultural, na semana do folclore, com a apresentação de uma peça teatral envolvendo os personagens do Sitio do Picapau Amarelo.
  






Avaliação


Corresponderá aos seguintes critérios a todos os alunos envolvidos:

-Participação individual e em grupo.

-Atividades de leitura, de escrita, de produções textuais, apresentações e dramatizações.

-Envolvimento e contribuição com idéias e materiais para a culminância do projeto na semana do folclore.





Bibliografia



Acervo literário de Monteiro lobato

Sites na Internet -  www.monteirolobato.com.br

enciclopédias de Pesquisa










Anexo



BIOGRAFIA DE MONTEIRO LOBATO


         Monteiro Lobato nasceu em 18 abril de  1882, na  cidade de Taubaté, no Estado de São  Paulo.
         Sua mãe se chamava Olímpia e seu pai José  Bento. Suas irmãs se chamavam Ester e Judite.
         Com 18 anos foi morar com seu avô porque seus pais morreram.
         Fez faculdade de Direito porque seu avô o obrigou. O que queria mesmo era estudar na Escola de Belas Artes.
         Casou com Maria Pureza, e seus filhos se chamavam Edgar, Guilherme, Marta e Rute.   
          Escreveu para os jornais  A Tribuna de Santos, Gazeta de Notícias Rio, Fon-Fon .
         Abriu uma Editora Nacional.
         Monteiro Lobato lutou pelo petróleo. Ele foi perseguido e acabou sendo preso. Então, desistiu de escrever para os adultos.
         Criou a turma do Sítio do Pica-pau Amarelo. Nela existem vários personagens como: Emília, Visconde, Narizinho e Pedrinho etc.
         Depois de fazer seus livros, Monteiro Lobato faleceu em 4 de julho de 1948.



“UM PAÍS É FEITO POR HOMENS E LIVROS”. Monteiro Lobato

__________________________________________________
ATIVIDADES  sobre MONTEIRO LOBATO

1-BIOGRAFIA para Estudo

O CRIADOR DO SÍTIO DO PICAPAU AMARELO

            O pai de Narizinho, de Pedrinho, da Tia Nastácia, da Dona Benta, do Visconde de Sabugosa e da boneca Emília, além de outros personagens de histórias infantis, contribuiu para dar um colorido especial à literatura infantil brasileira.
            Estamos falando de Monteiro Lobato, nascido em Taubaté, no estado de São Paulo, em 18 de abril de 1882.
            Formado em Direito, iniciou sua vida profissional como promotor público e já escrevendo para jornais. Em O Estado de São Paulo, publicou, em 1.917, vários artigos nos quais apareceu pela primeira vez o personagem Jeca Tatu, numa referência ao caipira brasileiro.
            No ano seguinte, reuniu alguns deles em seu primeiro livro de contos, com o título Urupês.
            Monteiro Lobato foi pioneiro no lançamento de obras infantis em nosso país, começando com A menina do narizinho arrebitado, seguida de várias outras.
            Em 1.947, o escritor lançou o personagem Zé Brasil, uma versão do camponês que sofre para conseguir um pedaço de chão para cultivar.
            Apesar de ter morrido em 1.948, Monteiro Lobato continua vivo até hoje por causa de suas ideias.

O CRIADOR DO SÍTIO DO PICAPAU AMARELO

            O pai de Narizinho, de Pedrinho, da Tia Nastácia, da Dona Benta, do Visconde de Sabugosa e da boneca Emília, além de outros personagens de histórias infantis, contribuiu para dar um colorido especial à literatura infantil brasileira.
            Estamos falando de Monteiro Lobato, nascido em Taubaté, no estado de São Paulo, em 18 de abril de 1882.
            Formado em Direito, iniciou sua vida profissional como promotor público e já escrevendo para jornais. Em O Estado de São Paulo, publicou, em 1.917, vários artigos nos quais apareceu pela primeira vez o personagem Jeca Tatu, numa referência ao caipira brasileiro.
            No ano seguinte, reuniu alguns deles em seu primeiro livro de contos, com o título Urupês.
            Monteiro Lobato foi pioneiro no lançamento de obras infantis em nosso país, começando com A menina do narizinho arrebitado, seguida de várias outras.
            Em 1.947, o escritor lançou o personagem Zé Brasil, uma versão do camponês que sofre para conseguir um pedaço de chão para cultivar.
            Apesar de ter morrido em 1.948, Monteiro Lobato continua vivo até hoje por causa de suas ideias.

O CRIADOR DO SÍTIO DO PICAPAU AMARELO

            O pai de Narizinho, de Pedrinho, da Tia Nastácia, da Dona Benta, do Visconde de Sabugosa e da boneca Emília, além de outros personagens de histórias infantis, contribuiu para dar um colorido especial à literatura infantil brasileira.
            Estamos falando de Monteiro Lobato, nascido em Taubaté, no estado de São Paulo, em 18 de abril de 1882.
            Formado em Direito, iniciou sua vida profissional como promotor público e já escrevendo para jornais. Em O Estado de São Paulo, publicou, em 1.917, vários artigos nos quais apareceu pela primeira vez o personagem Jeca Tatu, numa referência ao caipira brasileiro.
            No ano seguinte, reuniu alguns deles em seu primeiro livro de contos, com o título Urupês.
            Monteiro Lobato foi pioneiro no lançamento de obras infantis em nosso país, começando com A menina do narizinho arrebitado, seguida de várias outras.
            Em 1.947, o escritor lançou o personagem Zé Brasil, uma versão do camponês que sofre para conseguir um pedaço de chão para cultivar.
            Apesar de ter morrido em 1.948, Monteiro Lobato continua vivo até hoje por causa de suas ideias.



RESPONDA:

VOCÊ SABE DE QUAL SÍTIO O TEXTO ESTÁ FALANDO?
________________________________________________________________________________________________________________________________________

ESCREVA UM OU MAIS  PERSONAGENS CRIADOS POR MONTEIRO LOBATO, QUE VOCÊ JÁ CONHECEU:
________________________________________________________________________________________________________________________________________________

ESCREVA SOBRE UM DOS PERSONAGENS QUE VOCÊ GOSTA.
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


                                                 CONHECENDO UM POUCO DO AUTOR

TODA HISTÓRIA TEM UM AUTOR, E TODO AUTOR TEM UMA HISTÓRIA. A ESSA HISTÓRIA CHAMAMOS DE BIOGRAFIA.
CONHEÇA UM POUCO DA BIOGRAFIA DESSE AUTOR QUE CRIOU OS PERSONAGENS INCRÍVEIS DESSE MUNDO DE AVENTURAS E FANTASIAS : SÍTIO DO PICAPAU AMARELO.



MONTEIRO LOBATO


JOSÉ BENTO MONTEIRO LOBATO NASCEU NA CIDADE DE TAUBATÉ, NO ESTADO DE SÃO PAULO, NO DIA 18 DE ABRIL DE 1882.
AOS 15 ANOS PERDEU OS PAIS E PASSOU A VIVER COM O AVÔ, O VISCONDE DE TAUBATÉ.
FORMOU-SE ADVOGADO E COMEÇOU A ESCREVER LIVROS PARA ADULTOS.
ELE FOI UM DOS PRIMEIROS ESCRITORES A FAZER LITERATURA INFANTIL EM NOSSO PAÍS, POIS POUCAS PESSOAS PENSAVAM EM ESCREVER HISTÓRIAS PARA CRIANÇAS. PASSOU ENTÃO A SER O MAIOR ESCRITOR DE LIVROS INFANTIS E CHEGOU A FUNDAR UMA EDITORA PARA DIVULGAR OS LIVROS E COMBATER O ANALFABETISMO.
EM QUASE TODOS SEUS LIVROS PARA CRIANÇAS APARECEM OS PERSONAGENS DO FAMOSO SÍTIO DO PICAPAU AMARELO: DONA BENTA, EMÍLIA, PEDRINHO, NARIZINHO, TIA NASTÁCIA, O VISCONDE DE SABUGOSA, O MARQUÊS DE RABICÓ.
SEUS LIVROS MAIS APRECIADOS SÃO: O PICAPAU AMARELO, REINAÇÕES DE NARIZINHO, O POÇO DO VISCONDE, EMILIA NO PAÍS DA GRAMÁTICA, GEOGRAFIA DE DONA BENTA, O SACI, VIAGEM AO CÉU, HISTÓRIA DO MUNDO, O MARQUÊS DE RABICÓ, FÁBULAS, CAÇADAS DE PEDRINHO E OUTROS.
EM HOMENAGEM AO MAIOR ESCRITOR DA LITERATURA INFANTIL BRASILEIRA, FOI ESCOLHIDO O DIA 18 DE ABRIL COMO DIA DO LIVRO, DATA DO NASCIMENTO DE MONTEIRO LOBATO.
EM 4 DE JULHO DE 1948, MONTEIRO LOBATO MORREU EM SÃO PAULO.


LEIA A BIOGRAFIA DE LOBATO E RESPONDA AS PERGUNTAS:


1) QUAL O SEU NOME COMPLETO (AUTOR) ?

2) EM QUE DIA NASCEU?
3) EM QUE CIDADE NASCEU ?
4) EM QUE ESTADO FICA ESTA CIDADE ?
5) SE FORMOU EM QUE ?
6) QUAL A SUA PROFISSÃO?
7) QUE PERSONAGENS ELE CRIOU ?

8) CITE TRÊS DE SUAS OBRAS:



 Aluno(a):______________________________________________________________________4º Ano A

              Data:_________– Tarefa – Capriche na letra! Você sabe e consegue! Acredito no seu trabalho!

                                                                                               Professora Rosangela

1-Ler e interpretar:O CASAMENTO DE EMÍLIA



CHEGOU A HORA! VIERAM VINDO OS NOIVOS.

EMÍLIA, DE VESTIDO BRANCO E VÉU; RABICÓ, DE CARTOLA E FAIXA DE SEDA EM TORNO DO PESCOÇO. VINHA MUITO SÉRIO, MAS ASSIM QUE SE APROXIMOU DA MESA E SENTIU O CHEIRO DAS COCADAS, FICOU DE ÁGUA NA BOCA, ASSANHADÍSSIMO. NÃO VIU MAIS NADA.

 LOGO DEPOIS VEIO O PADRE E CASOU-OS.

 NARIZINHO ABRAÇOU EMÍLIA E CHOROU LÁGRIMAS DE VERDADE, DANDO-LHES MUITOS CONSELHOS.

 DEPOIS, COMO A BONECA NÃO TIVESSE DEDOS, ENFIOU-LHE NO BRAÇO UM ANELZINHO SEU.
 PEDRINHO FEZ O MESMO COM O MARQUÊS: ENFIOU-LHE NO BRAÇO UMA ALIANÇA DE LARANJA, QUE RABICÓ POR DUAS VEZES TENTOU COMER.
 OS OUTROS ANIMAIS DO SÍTIO, AS CABRAS, AS GALINHAS E OS PORCOS, TAMBÉM ASSISTIRAM A FESTA, MAS DE LONGE. OLHAVAM, OLHAVAM, SEM COMPREENDEREM COISA NENHUMA.
                                                  ( LOBATO, Monteiro - TRECHO DO LIVRO O CASAMENTO DA EMÍLIA).

 2)Agora responda com atenção:

A-  COMO A NOIVA ESTAVA VESTIDA ?
................................................................................................................................................................................................................

B-  QUEM CHOROU AO ABRAÇAR A NOIVA ?
......................................................................................................................................................................................................................................

C- COM QUEM EMÍLIA SE CASOU?
......................................................................................................................................................................................................................................

D- QUEM É O AUTOR DO TEXTO?
.......................................................................................................................................................................................................................................

E- QUEM SÃO OS PERSONAGENS DESTA HISTÓRIA?
...........................................................................................................................................
.............................................................................................................................................

F- Quantos parágrafos há no texto?

...........................................................................................................................................

3- Retire do texto duas palavras:

Com acento circunflexo:_______________________________
Com acento agudo:___________________________________
No Masculino:________________________________________
No Feminino:_________________________________________
No plural:____________________________________________
No singular:___________________________________________
Monossílabas:_________________________________________
Dissílabas:____________________________________________

Ass. dos Responsáveis/Pais:_______________________________________


              PERSONAGENS DE MONTEIRO LOBATO!!!!!

ALFABETIZAÇÃO

O processo de alfabetizar é apaixonante,
antes de tudo é um ato de amor,
coragem e persistência. Pelo simples e
talvez o mais gratificante fato
de permitir ao ser pensante a liberdade
de construção da sua própria história.

Um selinho Natalino para Você!Amigo,seguidor e visitante!

Oportunidade de Aperfeiçoamento Profissional!Confira!

OBRIGADA!
Na aventura de aprender de nossas crianças e jovens, pais e professores são a bússola para o caminho de descobertas e aprendizagens significativas e felizes.

Espaço Psicopedagógico!


Sinta-se
parceiro(a)!
Conte comigo!
Rosangela
Vali

Interatividade no BLOG!

Postagens Arquivo 2011/2012

Mimos Recebidos!

Obrigada pelo carinho de sempre!

Selo professor nota 1000

Professora Erica!


Professor

Professora Beta!

Professora Gracita!

Mimo no BONIFRATI...



Usando a criatividade,
todo mundo pode pensar diferente.
Que 2 + 2 são dois patinhos.
E até detrás para frente.
Se permitir criar,
Tudo pode mudar.

Seja arte, escrita, música.
Receita, caminho, solução.
O que importa é pôr a mente para funcionar
e dar à luz a imaginação

Melhor ainda, se arriscar.
Tomar coragem e compartilhar.
Deixar vir ao mundo e ao mundo mostrar.

Nada que fica na gaveta,
pode trazer boas coisas para o planeta

Abra a sua caixa secreta.
E mergulhe na mente, a sua biblioteca.
Criar é concretizar ideias.

Selinho de Reconhecimento



Obrigada Amiga GRACITA pelas palavras e selinho tão significativo!



Criei este mimo em reconhecimento ao seu belíssimo trabalho amiga Rosangela. Suas sugestões e dicas enriquecem o trabalho de todos nós educadores que lidam com os pequeninos. Obrigada minha linda e doce amiga.

DESTAQUES DO BLOG!

JANEIRO e MARÇO/2013
Setembro/Outubro/Novembro/
Dezembro/2012



Linguagem Escrita!

"...a escrita deve ter significado para as crianças, uma necessidade intrínsica deve ser despertada. Nelas, a escrita deve ser incorporada a uma tarefa necessária e relevante para a vida. Só então poderemos estar certos de que ela se desenvolverá não como hábito de mão e dedos, mas como uma forma nova e complexa de linguagem".
Vygotsky.

RETROSPECTIVA

Selinho de Aniversário/OBRIGADA!

Parabéns minha querida amiga

Você merece este sucesso

Que nos próximos anos você colha êxitos e alegria

Beijokas

Gracita


Professores!

A arte torna o trabalho educativo interessante, atraente e sedutor. Para tornar os alunos mais sensíveis e despertá-los para um mundo novo de sensações, o talento e a flexibilidade do professor, da sua arte, dependerá o êxito da sua missão.

Alegria....alegria!

SELINHOS 2012! Obrigada!

Da amiga Leila Bambino!

Glitter Photos
Ganhei da amiga Claudia! Obrigada.
Glitter Photos
Da amiga GISELA.Obrigada!
Da amiga Viviane,Obrigada!
SELINHO A RECEBER... selo4 Glitter Photos Glitter Photos
Selinho pra você!Glitter PhotosSelinho Amigo a todos os Parceiros do Blog "Educando Com Amor"...
Selinho Compartilhado
da Parceira BIA!
Espaço para Educação
Obrigada Amiga Gracita!
Obrigada Amiga Adriana!

Seguir por e-mail

Selinho DEDICATÓRIA!!

AMIGOS DA DYSNEY!

Vida Divina! Vida Cotidiana!

Kids
See full size image Imagem15 300x183 A ESCOLA DE ATENÇÃO ÀS DIFFERENÇAS

Orar...refletir...imagens que dizem!

CAMPANHA DA
F R A T E R N I D A D E - 2012
ORAÇÃO:
Senhor Deus de amor,Pai de bondade,nós vos louvamos e agradecemospelo dom da vida,pelo amor com que cuidais de toda a criação.Vosso Filho Jesus Cristo,em sua misericórdia, assumiu a cruz dos enfermos e de todos os sofredores,sobre eles derramou a esperança de vida em plenitude.Enviai-nos, Senhor, o Vosso Espírito.Guiai a vossa Igreja, para que ela, pela conversão se faça sempre mais, solidária às dores e enfermidades do povo,e que a saúde se difunda sobre a Terra.Amém.